Ação nem sempre demanda alto investimento

Com o perfil de consumo em constante mudança diante às variadas e mutáveis ferramentas digitais, o varejo precisa encontrar formas de captar os consumidores e estimular as vendas na loja física.

Um dos grandes incentivos para isso é realizar campanhas que, nem sempre, demandam altos investimentos.

O quadro Flix Entrevista conversou com o empresário e publicitário Beto Gussoni que trouxe dicas valiosas aos varejistas.

Em muitos casos, o próprio lojista ou funcionários conseguem desempenhar uma campanha de incentivo de vendas para não apenas incrementar o faturamento da empresa como, também, fortalecer a marca da loja perante o mercado.

“Uma campanha de grande porte é ideal que se tenha um profissional à frente para se atingir os objetivos planejados. Mas campanhas de pequeno ou médio porte, que demandam ações rápidas, aí sim tem como ser feita”, destacou Gussoni.

Dinamismo

O varejo é muito dinâmico e as vezes não é possível parar para planejar uma campanha com todos os processos necessários.

Se o varejista precisa fazer uma ação rápida como vender um produto de uma determinada categoria, a campanha pode ser feita por ali mesmo e de forma acessível.

O primeiro passo que o varejista deve ter em mente é identificar a necessidade, seja destacar um item que precisa ser vendido, ou evidenciar algum preço que está bom e ele quer repassar ao cliente ou ainda fidelizar a clientela.

Um dos mecanismos mais eficientes para fazer esse tipo de divulgação são as mídias sociais porque o retorno é rápido e sem custos, ainda que não tenha um alcance grande.

Mas, hoje em dia, algumas mídias oferecem opções para impulsionar as publicações e atingir ainda mais usuários condizentes com o perfil do público consumidor da empresa.

A era dos aplicativos

Além das redes sociais, já há diversas opções de aplicativos para o varejo que armazenam o banco de dados dos clientes que frequentam a loja e dá a opção de divulgar promoções como milhagem e o tradicional compre 3, pague 2.

Essas ferramentas também enviam notificações para que os clientes tenham conhecimentos das ofertas oferecidas no estabelecimento.

Isso já é uma realidade e acontece bastante com aplicativos para farmácias e supermercados.

Sazonalidade

O publicitário destaca ainda que a sazonalidade pode ajudar muito na motivação de campanhas para a loja.

Além das datas de consumo tradicionais como Dia das Mães, dos Pais e Natal, é possível aproveitar aquelas datas comemorativas que nem sempre são lembradas pelos varejistas.

“O Dia do Médico, por exemplo. Ele [varejista] às vezes não vai ter nada voltado diretamente para médicos, mas pode criar um mix saudável na loja com frutas, sucos e verduras e estimular a venda desses itens ligados à saúde”, exemplificou.

Assine o Flix do Varejo e assista às duas partes da entrevista na íntegra para saber sobre essas e outras dicas do publicitário Beto Gussoni.

Por lá também é possível conferir diversos conteúdos como artigos, webséries e e-books que ajudam o varejista a se capacitar e melhorar o desempenho dos negócios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here