Cantinho faça você mesmo. O que é isso? Antes de falarmos sobre esse tema, vamos pensar. Já percebeu o quanto as pessoas têm colocado a mão na massa diante dos pequenos reparos que surgem no dia a dia? Chuveiro queimou, vou trocar; parede descascada, vou pintá-la; e por que não alinhar a torneira da pia. Esses são alguns exemplos que precisam ser observados atentamente pelo varejo. Como assim? Vamos lá!

Para executar essas três tarefas citadas acima, a pessoa vai precisar de resistência para o chuveiro, tinta para a parede descascada e veda rosca para a torneira. Onde comprar esses produtos? No seu supermercado, por exemplo, em um espaço exclusivo para pequenos consertos e reparos. É o que chamamos de Cantinho faça você mesmo.

Imagine ainda que o problema do chuveiro aconteceu no domingo, onde as lojas especializadas no setor estão fechadas. Outro ponto que fará o consumidor buscar esses produtos em um supermercado que tenha o que ele precisa, seja na urgência ou não. Até acredito que na sua loja esteja à venda esse tipo de mix, mas de forma distribuída por diversas seções. A ideia é concentrar tudo no Cantinho faça você mesmo, para facilitar a vida do cliente que está ali para esse objetivo.

Cantinho faça você mesmo é realidade

Se já era uma realidade essa cultura do faça você mesmo em diversas situações, 2020 parece que veio coroar essa atividade que mundialmente é conhecida como “Do It Yourself (DIY)”. O cliente que busca produtos para essa finalidade do faça você mesmo está pensando não somente em poupar dinheiro, já que ele mesmo fará o serviço. Mas também no seu momento criativo que pode ser realizado sozinho, com amigos ou familiares.

Ah, um lembrete super importante. Alguns produtos vendidos nesse espaço costumam ter uma rentabilidade acima de 100%. Tem mais. O consumidor está na loja para comprar a resistência, mas acaba colocando mais itens no carrinho de compras. Por exemplo, produtos para preparar o almoço de domingo. Agora, vamos a algumas etapas para você implementar o Cantinho faça você mesmo:

Mix Cantinho faça você mesmo

Entre os materiais de construção, ferramentas para uso doméstico e produtos para pequenos reparos, que devem constar no espaço, podemos destacar: tinta spray, fita crepe, isolante, colas em geral, trenas, kit ferramentas, alicate, ferro de solda, rolo de lã e espuma, pinos, tomadas, interruptores, extensão elétrica, filtro de linha, torneiras, mangueiras para jardim e acessórios para gás.

Alguns pontos das prateleiras recebem maior atenção no campo visual do cliente. No ponto alinhado à altura dos olhos, por exemplo, é ideal que se coloque os produtos de maior valor agregado.

Não importa se a loja é pequena ou não. A disposição do mix demanda criatividade para montar o espaço com aqueles produtos que servem para pequenos reparos relacionados a material de construção, itens de jardinagem e artesanato, por exemplo.

Espaço exclusivo

Concentre esses produtos em uma única seção, gôndola, e próximo de produtos de alto giro (fluxo adequado). Afinal, tudo isso ajuda a garantir uma experiência satisfatória ao consumidor final.

Layout/Comunicação

Investir no layout para atrair o cliente é essencial. Use cartazes ou letreiros para que o consumidor consiga identificar o espaço. Também vale apostas em sinalização tátil e visual nos corredores ao longo da loja para direcionar o cliente até lá.

Marketing

A divulgação continua sendo a alma do negócio. Por isso, faça divulgação do Cantinho faça você mesmo por meio dos operadores de caixa e demais funcionários, que podem direcionar o cliente para a seção. Além disso, aproveite a onda das redes sociais, que também veio para ficar, e promova dicas da cultura faça você mesmo. Por que não fazer um storie mostrando como uma ferramenta de jardinagem pode ajudar a manter a horta de casa sempre fresquinha?

Em resumo é isso. Com o Cantinho faça você mesmo, o público consegue ter melhores referências para encontrar os itens. Por consequência, compreendem a loja como um negócio mais organizado.

No site da Universidade Martins do Varejo você tem acesso a um guia sobre esse assunto, além do Kit de material de divulgação. Esse kit é composto por cartaz de preço, faixa, testeira e wobbler, que estão prontos para serem aplicados em seu mercado.

Veja também:

Funcionário motivado é sinal de sucesso nos negócios
Política de troca: tenha a sua independente do ramo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here