Quem não gosta de uma promoção? E qual comércio que não precisa liquidar estoque? Essa junção é uma grande oportunidade de ganhar dinheiro e dar um fim àqueles produtos encalhados no estoque e até mesmo nas gôndolas que acabam gerando perda de receita.

Por isso, o Flix do Varejo traz neste post de hoje algumas dicas para quem está planejando uma queima de estoque na loja, fazendo com que os produtos girem no mercado e o dinheiro entre no caixa.

Planejando a promoção

Vamos começar com o planejamento da campanha de promoção. Definir bem o objetivo da liquidação e quem é o público-alvo que quer atingir. Conhecendo esses pontos, fica mais fácil traçar as estratégias e evitar erros que podem custar o sucesso da ação, ou pior, ainda mais perda de dinheiro.

Nesse ponto, também é importante saber onde o seu público-alvo pode ser encontrado, seja através de propagandas em veículos de massa, como rádios e Tvs, ou mesmo com ações nas redes sociais. Verifique bem antes de divulgar se não há nenhuma informação equivocada, como erro nas porcentagens, pois pode ser considerado propaganda enganosa e a imagem da sua loja evapora como as vendas.

Agora, defina bem os produtos que entrarão na promoção e busque mostrar para o consumidor que esses produtos em liquidação podem ser úteis no seu dia a dia. Priorize aqueles que têm mais unidades estocadas e que podem ter uma boa saída na campanha.

E quando é o período certo para fazer promoções? Por exemplo, busque as datas comemorativas, como Dia dos Pais, Mães, Namorados. É quando os consumidores estão mais propensos a gastar, a tirar o escorpião do bolso, como diz o ditado popular. Delimite prazos para a queima de estoque. Ações com muito tempo de duração perdem o sentido e pode impactar nas vendas.

Tudo bem que já passou a Black Friday, mas anota essa dica para o próximo ano. Além das datas comemorativas citadas, outra preferida do varejo é a Black Friday. Promoção nesse período já é tradicional, mas pense em algo que chame a atenção para sua loja. Muitas vezes a pessoa entra para comprar um produto em promoção e acaba levando outros, a tal compra por impulso.

Desconto da promoção

Sobre o desconto oferecido, lembre de que promoção não quer dizer prejuízo. Organize a porcentagem levando em consideração o preço de custo, além dos gastos que já teve com logística e impostos. Não vise somente o lucro, mas o descarte desses produtos no mercado.

Além dos descontos, você pode oferecer brindes por compras, kits de produtos, descontos progressivos e os famosos “compre um leve dois”. Aliado a uma comunicação visual chamativa, acaba sempre atraindo a atenção de quem está atrás de uma boa compra gastando menos.

  • Novo perfil do consumidor brasileiro não perde uma promoção. Leia aqui sobre isso.

Avaliando a promoção

Ao final, faça uma avaliação sobre os resultados da campanha, pois ajuda na identificação dos pontos positivos e o que pode ser melhorado na próxima campanha. É um aprendizado após o outro.

Então, não se desespere com produtos encalhados na prateleira. Basta um pouco de criatividade e organização que tudo se resolve. O consumidor ganha, sua loja zera o estoque desejado e favorece o seu faturamento, recuperando um ativo que estava parado.

Leia também:

Funil de Vendas: aprenda a montar o seu
Tabloide: dicas de sucesso para montar o seu

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here