O Brasil é um país que tem carência de mão de obra especializada.

O mercado de trabalho oportuna vagas, mas falta trabalhadores qualificados.

No varejo, muitas vezes o empresário não sabe que dentro da sua loja existe uma pessoa capaz de suprir alguma necessidade interna.

Investir em treinamento é muito importante para uma maior efetividade da sua equipe e aumento nos resultados.

Mas não é apenas ensinar.

É trabalhar o desenvolvimento dos seus colaboradores.

A importância de investir em capacitação é assunto do Flix Entrevista com Kallina Vivas, analista em treinamentos.

Ela traz dicas e explica o ganho financeiro que um profissional capacitado traz para uma empresa.

Capacitar aumenta os ganhos da loja

Com as inúmeras opções de treinamentos existentes, os lojistas tradicionais precisam estar cientes dos fatores que podem tornar a compra em suas lojas mais atraentes para os consumidores do que a escolha de um método novo, alternativo.

Com isso, o varejo exige cada vez mais um profissional com habilidades de entender os problemas do cliente e agilidade para resolvê-los.

E para isso você deve realizar um planejamento dedicado ao consumidor.

É importante treinar seus vendedores para tornar gratificante a experiência do cliente.

Existem duas maneiras de enxergar uma capacitação de funcionário: gasto ou investimento.

O empresário tem que entender que um profissional mais capacitado, com melhores técnicas e atendimento, vendas e organização, trará para ele muito mais que o ganho financeiro.

Também traz para a loja, uma maior fidelização dos clientes.

Hoje você contrata um profissional na área e não o desenvolve. Coloca no cargo sem treinar o que é necessário para exercer aquela função e, principalmente, sem desenvolver aquela pessoa para te auxiliar com criatividade dentro da rentabilidade do seu negócio.

Além do trabalho de capacitação, você tem que oferecer uma evolução na capacidade criativa do colaborador, dando a ele a oportunidade de crescer na empresa e, consequentemente, diminuir o turnover (rotatividade de profissional).

Quando você fala em treinamento, tem uma diferença de desenvolver a pessoa. Você precisa treinar o profissional na função que ele vai executar no dia a dia, mas você precisa desenvolver esse profissional. Precisa preparar e orientá-lo para a rotina do seu trabalho. O desenvolvimento faz com que esse profissional cresça e ajude dentro da organização, despertando a sua criatividade profissional dentro do estabelecimento.

Riscos de uma mão de obra sem capacitação

Manter uma equipe não capacitada pode gerar alguns contratempos na dinâmica de trabalho, como falta de um atendimento padronizado, que atenda aos valores e missão da loja, dificuldade de identificar uma oportunidade de venda, entre outras ações que influenciam negativamente para o negócio.

A questão do treinamento é muito ampla, então a pessoa assusta, acha que vai ter um investimento alto, mas não está contabilizando o que está perdendo em não treinar um colaborador. Por isso acontece muita questão do turnover. Contrata, não treina e não capacita a pessoa para exercer aquela função. E pior, ela não desenvolve para uma ascensão na carreira daquele colaborador.

Lembre-se: Ter uma equipe de vendedores capacitados faz toda a diferença no processo de venda.

Quer saber mais?

Não perca esse episódio do Flix Entrevista com Kallina Vivas, analista em treinamentos, já disponível no Flix do Varejo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here