Acompanhar como anda o estoque é essencial para que os negócios no varejo fluam.

O lojista precisa ter conhecimento do que entra e sai de mercadorias e verificar eventuais perdas.

E não tem forma mais eficiente de realizar esse processo senão por meio do inventário de estoque.

Esse registro é indispensável para garantir a sustentabilidade da loja, mantendo o equilíbrio entre a oferta e a demanda.

O inventário auxilia na condução de ações que podem ser realizadas para reduzir os prejuízos dentro da loja.

Também se torna um ótimo filtro para ajudar na hora da reposição de produtos nas gôndolas.

Simples de ser feito

Fazer o inventário de estoque é simples, mas necessita de seguir alguns processos para que o resultado seja favorável ao negócio.

Antes de iniciar a contagem do mix, é importante traçar uma metodologia para que a contagem seja padronizada.
O inventário também fica mais fácil de ser elaborado quando a loja está organizada e os itens dispostos devidamente no lugar.

Caso isso não ocorra, o trabalho será dobrado e ainda correrá o risco de algum item ou categoria passar despercebido.

Com as informações corretas e precisas, os gestores do varejo vão conseguir implementar ações de melhoria e acompanhar seus resultados de forma mais eficaz.

O processo de contagem deve ser feito em um dia mais tranquilo para as vendas e de pouca movimentação no interior da loja.

Há situações em que o lojista consegue adotar o famoso “fechado para balanço” para desenvolver a atividade, mas com um software de gestão bom e atualizado.

Além de uma contagem gradual do mix, o trabalho nem sempre é moroso e dá para conciliar com o horário de funcionamento perfeitamente.

Para maior segurança e exatidão nos resultados, fazer mais uma contagem do estoque pode ser vantajoso.
Principalmente se o lojista precisa alinhar os produtos na loja física ou na virtual, se for o caso.

Ainda em relação à segurança, fazer uma cópia dos dados coletados no inventário também é importante para resguardar o lojista em caso de perda de informações.

É válido lembrar que o inventário de estoque evita o desperdício de dinheiro com a compra excessiva de produtos.

Por meio do inventário de estoque, é possível trabalhar com informações certas, com um processo de compra mais eficaz e reposição mais efetiva.

Tipos de inventário

Os lojistas podem escolher entre dois tipos de inventário de estoque, sendo ele de contagem total dos itens ou de forma gradual.

No inventário total, a contagem é realizada de forma anual e de todos os produtos de uma só vez.

Ele demanda o envolvimento de toda a equipe de colaboradores, podendo gerar gastos com horas-extras ou contratação de terceiros, além de interrupção do funcionamento da loja.

Já no inventário cíclico ou gradual, a contagem do mix ocorre em determinada categoria de produtos.

É uma opção mais barata, com um prazo mais curto e não interfere no andamento dos trabalhos da loja.

Assine o Flix do Varejo e tenha acesso ao e-book Inventário de Estoque com dicas exclusivas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here