Estar atento ao preço da mercadoria exposta no seu varejo.

Saber precificar um produto pode ser o diferencial para obter bons resultados financeiros e com isso tornar sua empresa mais competitiva.

Mas aí vem o dilema: vender muito, mas com pouco lucro ou vender pouco com muito lucro?

Encontrar o equilíbrio não é fácil, mas algumas fórmulas e dicas podem ajudar.

Para tirar as dúvidas sobre o tema, o Flix do Varejo traz o gerente de precificação do Martins, Josimar Gomes, no episódio desta semana do Flix Entrevista.

Antes de precificar, conheça os produtos

É importante o varejista conhecer bem seus produtos e o público-alvo.

Assim, fica muito mais fácil precificar e evitar desperdícios e produtos encalhados na loja, que representam perda de rentabilidade.

Muitas vezes colocamos um produto que é muito caro e o nosso público é de classe mais baixa. Com isso ele fica “micado” na gôndola. Então é muito importante sabermos que produto que eu vou comprar para quem que eu vou vender.

Calculando margens de lucro dos produtos

Outro fator de grande importância é saber como precificar certos tipos de mercadorias.

Basear os valores em cima das despesas é necessário.

Como toda empresa visa lucro, você deve pensar em não apenas pagar as contas, mas deve-se manter uma quantia considerável para capital de giro e emergências.

E lembre-se: cada produto possibilita uma margem de lucro diferente.

No geral, com os produtos que têm um giro alto, ou seja, que vende maior volume, tenho mais dificuldades do ganhar uma margem maior unitariamente, como, por exemplo, o detergente em pó. É um produto que a margem é bem apertada porque todo mundo compra toda semana e os consumidores sabem o preço na ponta da língua. Já um produto que é de baixo giro eu consigo ganhar um valor maior no meu lucro.

Não deixe de analisar o mercado

O seu preço de venda deve ser compatível com os encontrados nos concorrentes.

Mas, evite entrar em guerra de preços com frequência.

Você não sabe as condições de compra da outra loja e isso pode levar seu estabelecimento à falência.

Existem empresas que geram lucros diferentes com o mesmo produto. Você deve analisar o seu concorrente direto, que atende o mesmo público-alvo e não cometer o erro de se basear em lojas que estejam em patamares diferentes da sua. É importante fazer uma avaliação semanal dos preços nas gôndolas dos concorrentes, pois muda muito.

Uma ferramenta que pode ser usada para essa pesquisa de preços é a internet.

Através de uma pesquisa em sites de e-commerce você pode ter uma ideia se a sua mercadoria está com um valor dentro dos padrões mercadológicos.

Quem também oferece esse apoio é a Universidade Martins do Varejo (UMV), com informações regionais sobre precificação de produtos.

Gostou das dicas?

São apenas alguns tópicos do bate-papo com o Josimar Gomes no episódio de lançamento dessa semana do Flix Entrevista. Seja um assinante do Flix do Varejo e saiba mais sobre precificação

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?