Facilitar a vida do consumidor e otimizar os processos de compra e venda devem ser as premissas do varejo brasileiro. No ato do pagamento, o pensamento não deve ser diferente. Poupar tempo e garantir praticidade vêm sendo uns dos principais fatores que levam muita gente a recorrer aos pagamentos instantâneos. Por isso, a tecnologia QR Code vem se tornando grande aliada do varejo.

Mas vamos por partes. O que é um QR Code? O significado da sigla norte-americana é “quick responder code”, traduzindo para o português: “código de resposta rápida”. O QR Code tem basicamente a mesma função que o conhecido código de barras no intuito de codificar e transmitir informações.

No caso do QR Code, os dados podem ser disponibilizados tanto na horizontal quanto na vertical. Essa tipificação permite uma leitura mais rápida e precisa de links da internet, relatórios, tabelas e, agora mais presente do que nunca, os registros de pagamento.

Como funciona o pagamento via QR Code?

Os aplicativos que disponibilizam a leitura por QR Code geralmente vêm com a opção “pagar via QR Code” e basta usar a câmera do dispositivo móvel no código disponibilizado pelo estabelecimento comercial e pronto. É só confirmar para o pagamento ser efetuado.

O mesmo é válido para os aplicativos de instituições financeiras e também quando a pessoa quer receber um pagamento pelo QR Code. É importante saber que a pessoa ou organização que está fazendo o pagamento gere um QR Code a partir do mesmo aplicativo ou plataforma.

Tecnologia já absorvida pelo varejo

Uma pesquisa desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) em conjunto com a AGP Pesquisas, no ano passado, revelou que 82% dos varejistas pretendem adotar aplicativos e QR Codes como meios de pagamento nos próximos 12 meses.

O levantamento nomeado como “Meio de pagamento: QR Code – Na visão dos consumidores e das empresas varejistas” também mostrou que 24% dos lojistas já se utilizam de pagamentos via aplicativos e outros 17% por QR Code. No ano anterior, eram apenas 4% dos entrevistados usando apps e o QR sequer aparecia nas respostas.

Esse cenário demonstra o quando a ferramenta já se tornou realidade na vida do varejo brasileiro e com uma forte tendência de crescimento

Flix Entrevista

Quer saber mais sobre o assunto? O Flix do Varejo traz conteúdo exclusivo para assinantes, através do quadro Flix Entrevista, sobre o cenário mundial da tecnologia e os resultados que ela trará na prática aos lojista.

Na entrevista com o responsável pelos canais digitais do Tribanco, Jacir Lopes dos Santos, ele mostra porque a tecnologia é um dos métodos mais seguros de pagamento, além de trazer uma série de outras vantagens que a tecnologia apresenta, como atalhos para site, telefone de contato e até catálogo de promoções. As opções são inúmeras para facilitar a vida do consumidor e também do lojista.

A ferramenta também pode ser usada para a loja física e e-commerce, que ao finalizar uma compra no carrinho de compras na internet, o comerciante gera o QR Code e o cliente pode faturar pelo celular, pelo computador ou pode gerar esse código para enviar nas redes sociais e pelo WhatsApp, por exemplo.

Acesse agora o flixdovarejo.com.br e seja uma assinante para assistir ao conteúdo e ficar por dentro das inúmeras funcionalidades e vantagens dessa tecnologia.

Leia também:

Inteligência emocional em tempos de crise
Mudanças trabalhistas no varejo diante o coronavírus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here