O setor farmacêutico vem passando por mudanças e se reinventando de tempos em tempos.

As lojas do segmento, que antes eram apenas um espaço específico para comercialização de medicamentos, hoje expandem mercados com um mix diversificado e serviços diferenciados, tornando-se centros de referência em cuidados com a saúde.

A chamada “farmácia do futuro” já é uma realidade mundial e no Brasil se expande de forma ligeira.

Novo modelo de negócio

O conceito traz uma proposta de prevenção à saúde e cuidados com a beleza ao invés de trabalhar apenas a modalidade de tratamento de enfermidades.

Nesse cenário, um ponto alto também é que o shopper passou a encontrar tudo o que precisa em único lugar.

Eles passaram a buscar no varejo farmacêutico produtos e serviços que antes precisavam adquirir em outros estabelecimentos como é o caso de itens alimentícios, água e sucos, pilhas e até fazer recarga para o celular.

Essa tendência foi disseminada em grandes redes farmacêuticas e hoje já abrange muitos pontos de vendas com a preocupação de estimular as vendas e melhorar a experiência de compra do consumidor, que conta com comodidade, conveniência, saúde e beleza sem precisar sair da farmácia.

A relação de vendedores e farmacêuticos com os consumidores também muda nesse conceito futurista.

Esses profissionais estão mais antenados ao mercado e produtos comercializados.

Com isso, os clientes têm acesso a informações completas sobre saúde, cuidados e tratamentos.

Venda de conhecimento

O diferencial não está na venda de medicamentos, mas na venda de conhecimento.

Dentro da farmácia do futuro, o ambiente também é levado em consideração e o espaço deve ser confortável, amplo e tecnológico.

As gôndolas podem contar com visores digitais para melhor situar o cliente dentro do ponto de venda, e telas ficam à disposição do farmacêutico para mostrar informações sobre o medicamento por meio de vídeo-bulas.

Algumas farmácias já adotam um espaço para promover saúde e qualidade de vida com a oportunidade de serviços como balança, aferição da pressão, primeiros-socorros e troca de informações com o especialista à disposição como aplicação de vacinas, exames preventivos para doenças como diabetes, hipertensão e colesterol alto, acompanhamento para a redução de peso, tabagismo e para o tratamento receitado pelo médico, dentre outros serviços.

Há ainda espaços de cuidado infantil com trocador, fraldas e lenços umedecidos para os papais que, por ventura, precisam trocar os bebês na loja.

Proposta de valor

Ainda na linha de criar um espaço para a promoção da saúde, a proposta de valor da loja deve estar voltada para o uso do marketing de relacionamento de forma técnica com foco na triagem, manejo e acompanhamento de pacientes, principalmente daqueles com doenças crônicas.

O profissional poderá conceder orientações necessárias para minimizar o uso irracional de medicamentos e conscientizar para uma maior adesão ao tratamento.

As farmácias individuais serão indestrutíveis quando o principal produto de suas gôndolas for a atenção primária à saúde e seu principal ator for o farmacêutico, cuja qualificação, nesse contexto, se faz obrigatória.

Conteúdo exclusivo

Ainda sobre o tema Farmácia do Futuro, o Flix do Varejo traz um e-book exclusivo sobre o tema para orientar os varejistas em como adotar o modelo de negócio e ter ainda mais sucesso nas vendas.

Além disso, uma série sobre a Farmácia do Futuro será lançada no dia 6 de fevereiro.

Seja um assinante e tenha acesso a esses materiais e outros com foco no desenvolvimento do seu varejo.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?